lagoa_misteriosa_jardim_ms_deque_20110911_0027

Tom azul da Lagoa Misteriosa é atração em blog

Inacreditável. Esta é a palavra que melhor se encaixa em descrições sobre a Lagoa Misteriosa. Desta vez, o atrativo localizado no município de Jardim (MS) foi tema de uma matéria no blog Viagem em Pauta e replicada nos sites Catraca Livre e MSN.

“A gente custa a acreditar no que se vê diante dos olhos. De águas transparente e tons, exageradamente, azuis, a Lagoa Misteriosa é uma das atrações mais impressionante de Jardim, município próximo a Bonito, no Mato Grosso do Sul”, introduz o jornalista Eduardo Vessoni.

A Lagoa Misteriosa se encontra no fundo de uma dolina de 75 metros de profundidade que é toda coberta por vegetação arbórea e circundada pela mata. Em 2011, após 6 anos fechado devido à falta do Plano de Manejo Espeleológico, o atrativo reabriu para visitação turística oferecendo Trilha e Flutuação, Mergulho com cilindro e Mergulho Técnico.

O site Viagem em Pauta é escrito pelo jornalista Eduardo Vessoni e já ganhou um prêmio na categoria “Melhor reportagem sobre viagem de trem”, publicada no caderno Boa Viagem do jornal O Globo.

Foto: Daniel De Granville/ Lagoa Misteriosa

Leia Mais

abismo anhumas mtur

Abismo Anhumas é destaque em página do MTur

Uma imagem do Abismo Anhumas, atrativo localizado em Bonito (MS), foi destaque na página do Facebook do Ministério do Turismo.

“Já ouviu falar sobre o abismo de Anhumas? É um destino bem popular, fica pertinho de Bonito (MS). Em alguns passeios, você pode mergulhar em suas águas transparentes”, traz a legenda da foto de autoria de @laryssafrota.

Além do Abismo Anhumas, outros atrativos nacionais fazem parte da montagem divulgada, são eles: Janela do Céu, em Ibitipoca (MG), Capitólio (MG) e Coqueiral de Aracruz (ES).

Até o momento, as fotos obtiveram 2,2 mil curtidas e 382 compartilhamentos.

Leia Mais

bonito-lagoa-misteriosa.aventure-se

Atrativo de Jardim (MS) é destaque no blog Aventure-se

Os autores do blog Aventure-se Rodrigo Nominato e Raquel Gonzaga publicaram recentemente um relato de sua experiência pelas águas cristalinas da Lagoa Misteriosa, em Jardim (MS).

O casal realizou a trilha e flutuação no atrativo e se surpreendeu com a cor das águas da Lagoa. “A Lagoa Misteriosa é um lugar de beleza ímpar. A água em tom de azul é espetacular”, disse Rodrigo.

O cenário subaquático do atrativo também impressionou a dupla que descreveu como “surreal” a visão dos abismos azuis formados no fundo da Lagoa Misteriosa.

Além da Lagoa Misteriosa, os blogueiros conheceram outros atrativos, como o Parque Ecológico Rio Formoso, o Rio Sucuri, a Nascente Azul, Gruta do Lago Azul, Ceita Corê, Recanto Ecológico Rio da Prata e Estância Mimosa.

“Não vemos o dia de voltarmos neste paraíso para realizar o mergulho. Com certeza está nos nossos planos”, finalizou o casal.

Confira aqui o relato na íntegra e visite você também a Lagoa Misteriosa!

 

Foto: Blog Aventure-se

 

Leia Mais

Abismo Anhumas ilustra matéria da Natura

abismo anhumas4O site da Natura divulgou uma lista com os destinos brasileiros imperdíveis no verão e os itens indispensáveis para a nécessaire de quem está prestes a viajar.

A matéria traz paraísos naturais das cinco regiões do Brasil. No Centro-Oeste, o destaque fica para a Chapada dos Veadeiros (GO) e Bonito (MS).

“Quem disse que é preciso ter praia para ser um ótimo destino de verão? A Chapada dos Veadeiros, em Goiás, e Bonito (foto), em Mato Grosso do Sul, são atrações e tanto. Nessa época, o tempo seco dá uma trégua na região, mas, em geral, a umidade do ar é mais baixa que no resto do país”.

O texto de autoria da jornalista Mirela Mazzola traz recomendações de itens essenciais para quem visita os destinos nacionais, de acordo com o clima do local. Os produtos hidrantes são a aposta para o Centro-Oeste, região em que predomina o calor.

Confira a matéria na íntegra.

http://www.adoromaquiagem.com.br/dicas/ocasioes-momentos/produtos-viagem-regioes-brasil

Leia Mais

Rio da Prata

Bonito é citado em artigo da New York Times

No último mês, o jornal The New York Times divulgou um artigo citando Bonito como uma das referências no turismo sustentável.

Na publicação de Randy Durband, chefe do Conselho Global de Turismo sustentável, o destino ganha destaque ao lado de lugares como Botswana, na África.

“As águas cristalinas ao redor de Bonito no estado Brasil de Mato Grosso do Sul estão sendo bem protegidos graças a uma parceria público-privada seguindo normas para a gestão do visitante”, revela o texto.

Recentemente, a cidade de Bonito foi reconhecida como um dos 100 destinos mais sustentáveis no mundo, em uma lista elaborado pela organização internacional Green Destinations.

A seleção foi feita por 30 especialistas com base em seis critérios: natureza; meio ambiente; cultura e tradição; bem estar social; economia verde e política de turismo verde certificada, sendo esta última o critério de maior peso.

Leia Mais

S

Qual a melhor época para visitar Bonito?

Em Bonito faz sol e calor a maior parte do ano! Não há uma época ideal para visitação, mas cada período tem sua característica que pode ajudar ou atrapalhar determinados passeios.

O clima da região é tropical, com temperatura média anual de 25º C e períodos de cheia (verão) e de seca (inverno).

O período entre a primavera e verão é bem quente e úmido, com temperaturas altas de dia e de noite e chuvas esparsas que se intensificam principalmente entre Dezembro e Março e aumentam o volume de água dos rios, deixando as cachoeiras mais caudalosas e a vegetação mais verde.

Já no período de outono e inverno a maioria dos dias também costuma ser quente e mais seco, e à noite a temperatura cai ficando em torno dos 15º C e pode chegar até os 5º C nos dias mais frios, geralmente entre Maio e Agosto. Os rios ficam mais limpos e a visibilidade da água fica incrível, sendo uma ótima época para mergulhar e fazer flutuação.

Portanto, não se esqueça de trazer roupas para frio no inverno e um agasalho leve durante o resto do ano.

A temperatura da água não varia muito de acordo com a época do ano pelo fato dos rios estarem próximos às nascentes e às águas correntes. Ela costuma estar entre 18 e 23 graus dependendo do lugar, e por isso em qualquer época do ano todo se utiliza roupas de neoprene nos passeios de flutuação e mergulho. Apenas nas cachoeiras que você precisará de mais coragem para entrar!

Com informações da Bonito Way

Leia Mais

Vulcão Rio da Prata_Marcelo Krauser

Guia 4 Rodas lista passeios 5 estrelas em Bonito

A edição 2015 do Guia Quatro Rodas divulgou os passeios considerados cinco estrelas em Bonito e região, no Mato Grosso do Sul.

A pontuação das atrações é feita de acordo com o grau de interesse, avaliados pela própria publicação.

Foram considerados atrativos 5 estrelas:

Flutuação no Rio da Prata
Por que é 5 estrelas? O Rio da Prata eúne as características ideais para a flutuação (como água cristalina, solo rico em sedimentos calcários e vegetação ciliar protetora) , além de conter a maior quantidade de peixes entre as nascentes da região.

Flutuação no Rio Sucuri
Por que é 5 estrelas? A transparência da água é impressionante (há alta concentração de cálcio, substância decantadora). A incidência de raios solares deixa rastros azulados na superfície. O fundo é branquinho, formado por pedaços de caramujos calcificados. A sensação de nadar nesse cenário, ao lado de diversas espécies, é uma experiência única.

Abismo Anhumas
Porque é 5 estrelas? Além da sensação incrível de fazer rapel e cair na água dentro da caverna, o passeio é superexclusivo; descem apenas dois grupos de oito pessoas por dia, um pela manhã e outro à tarde – seis monitores dão segurança à atividade.

 

Com informações do Bonito Notícias

Leia Mais

mergulho

Conheça o passeio de mergulho com cilindro no Rio da Prata!

Conhecido internacionalmente por suas águas cristalinas, o Recanto Ecológico Rio da Prata, atrativo localizado em Jardim (MS), além do passeio de flutuação oferece também, o mergulho com cilindro.

A atividade acontece em profundidades entre 5 e 7 metros e tem duração de 30 e 40 minutos, em média. É conhecida também como mergulho autônomo e permite que o visitante conheça diversas espécies de peixes e vasta vegetação. Durante todo o percurso o visitante tem é acompanhado por um mergulhador profissional.

De acordo com informações do atrativo, qualquer pessoa acima de 12 anos, pode realizar a atividade de mergulho. Pessoas com certificação de mergulho autônomo, mediante a apresentação da carteirinha para confirmação, também encontram no Rio da Prata um excelente local para a prática da atividade.

Quando o visitante não possui certificação podem mergulhar ao mesmo tempo até duas pessoas por guia. Já quando os visitantes possuem certificação podem mergulhar até quatro pessoas por guia.

As reservas para o passeio são feitas diretamente com as agências de turismo de Bonito e região.

Leia Mais