Flutuação no Rio da Prata

Bonito é citado em reportagem como exemplo de preservação

A edição de maio da Revista Viagem e Turismo traz uma reportagem especial sobre sustentabilidade, intitulada “Por uma viagem mais verde” e o destino de ecoturismo Bonito, no Mato Grosso do Sul, é citada como um belo exemplo.

A autora do texto, Laura Capanema preparou um manual com dicas de como deixar um destino melhor do que o encontrou, auxilia na busca por um hotel ou pousada sustentável,  como evitar excessos na hora de fazer as malas, procurar por meios de transporte ecológicos, entre outros assuntos.

Ressalta também o modelo empregado em Bonito, que consegue preservar sem rechaçar a natureza. Para conhecer qualquer atrativo de turismo ecológico de Bonito é obrigatório o Voucher Único (uma guia de entrada) fornecido apenas pelas agências de turismo da cidade. Esse sistema adotado pelo município é conhecido como modelo de organização e cuidado ambiental. É, também, fundamental para a manutenção da prática do turismo responsável e da preservação dos recursos naturais existentes na região. A limitação da quantidade de visitantes por dia em cada atrativo turístico é um dos principais fatores do sucesso do turismo realizado em Bonito.

Veja abaixo alguns trechos da reportagem:

“Campeão histórico do Prêmio VT na categoria destino de ecoturismo, Bonito encanta por suas águas límpidas e pela fauna que a habita… O controle estrito de visitação e o sistema de comercialização, exclusivo das agências credenciadas, ajudam a evitar que o lugar siga o mau caminho…”

“Para ir às principais atrações de Bonito, como o Abismo Anhumas, a famosa Gruta do Lago Azul e as flutuações e os mergulhos nos rios Formoso e da Prata, é preciso comprar um voucher”.

Leia a reportagem na íntegra na edição da Revista Viagem e Turismo!

Foto: Daniel De Granville